top of page

56º Festival Folclórico de Parintins terá ações integradas do Governo do Amazonas

O evento deve reunir mais de 100 mil visitantes no município do Baixo Amazonas e contará, pela 1ª vez, com a participação do Unicef


 

A 30 dias do 56º Festival Folclórico de Parintins, o Governo do Amazonas prepara uma série de ações integradas para a festa que, em 2023, tem a expectativa de receber mais de 100 mil visitantes. As ações do governo pretendem fortalecer a promoção cultural, o turismo, a sustentabilidade, além de ações na Segurança, fiscalização de embarcações e o combate à violação de direitos humanos.

Neste ano, o festival terá como pilares a Cultura, o Turismo e a Sustentabilidade, sendo coordenados pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, a Empresa Amazonense de Turismo (Amazonastur) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). Além disso, as ações voltadas para a Sustentabilidade e a Cultura serão apoiadas pela Coca-Cola Brasil, que é a patrocinadora oficial do festival há 27 anos.

 

Na Cultura, as ações pretendem fomentar o circuito cultural na Ilha Tupinambarana, com incentivo às artes visuais, música, roteiro de visitação, incluindo o Centro Cultural de Parintins, o Bumbódromo, além de espaços de incentivo à economia criativa e o Trio Panavueiro, sucesso no ano passado, que retorna em 2023 com mais atrações musicais, percorrendo as principais vias da ilha. Na temporada de 2023, está prevista a revitalização de outros 10 muros, além de seis novos projetos.

 

A Amazonastur fortalecerá o turismo por meio da reforma e pintura dos triciclos, entrega de uniformes para os tricicleiros associados, entrega de infraestrutura turística, qualificação dos profissionais que atuam no setor, instalação do Turistódromo e a inédita Praça Gastronômica.

 

E a Sema vai desenvolver uma série de ações ambientais, por meio do Projeto “Recicla, Galera”, realizado em parceria com a Coca-Cola Brasil. O objetivo da ação é promover um Festival mais sustentável, incentivando a destinação correta dos resíduos recicláveis e a geração de renda para a Associação de Catadores de Parintins (Ascalpin). Em sua 2ª edição, o “Recicla, Galera” deste ano vai expandir a iniciativa para outros espaços da cidade, tornando a reciclagem uma parte integrante da festa, tanto dentro quanto fora do bumbódromo.

 

Combate à exploração sexual

 

Além dessas ações, o Governo do Amazonas também atuará em outras frentes, como o social, com o enfrentamento à exploração sexual que contará, pela primeira vez, com a participação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Serão realizadas ações para um turismo seguro por meio de abordagens, identificação e soluções de casos.

 

A Sejusc também realizará a campanha “Boi-bumbá para todos” para informar e prevenir violações de direitos humanos, com foco na população LGBTQIAPN+, crianças e adolescentes, mulheres, e pessoas com deficiência (PCDs).

 

Outras ações

 

Com foco na segurança dos brincantes do Festival, a Secretaria de Estado de Segurança Pública vai reforçar o policiamento na cidade e ativar o Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L). Serão instaladas Plataformas de Observação Elevada (POEs), 25 câmeras de monitoramento na cidade, além de 21 câmeras de reconhecimento facial nas entradas do bumbódromo. Os serviços irão funcionar 24 horas por dia.

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) disponibilizará três ambulâncias para potencializar os atendimentos de saúde. Os veículos ficarão no aeroporto, em pontos de aglomeração e para apoio ao Corpo de Bombeiros. Além disso, unidades de retaguarda com equipes médicas e ambulâncias estarão à disposição no Balneário Cantagalo, UPA Parintins e no bumbódromo, no período noturno. Também será reforçado o quantitativo de insumos e medicamentos para atender à demanda no período do Festival.

 

A fiscalização do transporte hidroviário intermunicipal entre Manaus e Parintins também terá reforço. A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) vai intensificar a fiscalização do serviço nos portos das duas cidades. O reforço na fiscalização terá início na semana anterior ao evento e seguirá até 3 de julho.

 

O Detran Amazonas vai realizar ações educativas e, também, de fiscalização nas principais vias da cidade. O objetivo é orientar quanto à seguridade nas vias priorizando os condutores, alertando-os quanto às consequências de conduzirem veículos automotores após a ingestão de bebidas alcoólicas, garantindo assim a redução do índice de acidentalidade no trânsito.

0 comentário

Comments


bottom of page